Leonardo Pedroso

Leonardo Pedroso, é administrador de banco de dados, possui amplo conhecimento em SQL Server desde a versão 2005 e em Oracle 11g e 12c, com atuação em empresas de telecomunicações, bancos, seguradoras e órgãos do governo brasileiro prestando serviços especializados em banco de dados. Atua ativamente em comunidades técnicas através de fóruns, eventos, blog e palestras.

Posts mais comentados

  1. Habilitar automaticamente a placa de rede no Centos / Oracle Linux — 3 comentários
  2. Automatizando o startup e shutdown das bases de dados Oracle 12c — 2 comentários
  3. Instalação do MongoDB no Centos 7 — 2 comentários
  4. Gerar relatório AWR no Oracle — 2 comentários
  5. Erro ao enviar e-mail no Oracle 11g – ORA-24247: acesso à rede negado pela ACL (access control list) — 2 comentários

Publicações do autor

Configurar o serviço de MultiPath para servidores Oracle

Olá pessoal, no post de hoje vamos falar sobre MULTIPATH! O Multipath nada mais é do que um simples recurso para implementar múltiplos caminhos para a LUN. Essa LUN é apresentada ao servidor através das controladoras do storage. Alguns recursos interessantes são possíveis através do multipath, tais como: balanceamento de carga: um dos caminhos somente …

Continue lendo

Corrigindo o erro ORA-22297: warning: Open LOBs exist at transaction commit time

O erro ORA-22297: warning: Open LOBs exist at transaction commit time ocorre quando o usuário faz alguma manipulações colunas do tipo CLOB ou BLOB e por algum motivo não fechou o LOB conforme deveria antes de fazer o commit. Abaixo segue um exemplo simples que poderia ter evitado o problema: DBMS_LOB.CLOSE(myFile); DBMS_LOB.CLOSE(myBlob); COMMIT; Para solucionar …

Continue lendo

Trabalhando com data e hora no Oracle

As colunas que armazenam datas e horas no Oracle, pode default retornam apenas a DATA no formato DD/MM/YYYY, sendo que DD = Dia, MM = Mês e YYYY = Ano! No exemplo abaixo temos um select que retorna a data do sistema: Para extrair a data e hora desse campo, é preciso usar a função …

Continue lendo

Habilitar paralelismo em queries e acompanhar a execução

Algumas operações de tecnologias podem ser paralelizadas utilizando mais CPUs para processar determinadas tarefas, e no banco de dados não é diferente. A opção PARALLEL X, onde X é a quantidade de cores a ser utilizada permite dividir a consulta em pequenos pedaços fazendo com que cada processador execute parte da query. No exemplo abaixo …

Continue lendo

Carregar mais

×