Conteúdo voltado para banco de dados Oracle e SQL Server

BUSY Archive

Esse erro comum ocorre quando você tenta executar uma operação em uma tabela que foi alterada e a transação ainda está pendente. No nosso caso, estávamos tentando truncar uma tabela de B.I. e o erro era retornado instantaneamente: ORA-00054: resource busy and acquire with NOWAIT specified or timeout expired !

O select abaixo ajudou a identificar a causa raiz, ele lista quais sessões estão aguardando commit ou roolback. No meu caso foi uma transação aberta há mais de 30 dias e, alinhando com a área, matamos a sessão:

SELECT O.OBJECT_NAME, S.SID, S.SERIAL#, P.SPID, S.PROGRAM,S.USERNAME,
S.MACHINE,S.PORT , S.LOGON_TIME,SQ.SQL_FULLTEXT 
FROM V$LOCKED_OBJECT L, DBA_OBJECTS O, V$SESSION S, 
V$PROCESS P, V$SQL SQ 
WHERE L.OBJECT_ID = O.OBJECT_ID 
AND L.SESSION_ID = S.SID AND S.PADDR = P.ADDR 
AND S.SQL_ADDRESS = SQ.ADDRESS;

Dica: Em ambiente Oracle RAC troque o V$ por GV$ !

Faça bom uso do script.

Muitas pessoas ao executar operações DDL (alteração de tabelas, inclusão de FK’s, etc) recebem o seguinte erro no SQLPLUS, SQL Developer e afins:

ORA-00054: resource busy and acquire with NOWAIT specified or timeout expired.

Esse erro ocorre devido á tabela que está sendo alterada estar ocupada com outras operações de manipulação de dados. Nesse caso você sempre receberá o erro ORA-00054 enquanto a tabela que você deseja alterar não estiver disponível.

Para resolver o problema é preciso agendar um horário de baixa atividade no banco de dados, tais como períodos da madrugada ou finais de semana! Fazendo assim, você evita a concorrência durante o dia e consegue executar o script sem esperar por muito tempo. Para ajudar nesse trabalho, existem 2 parâmetros que podem facilitar muito a execução dessa tarefa. São eles:

  • ALTER SESSION ENABLE PARALLEL DDL;
  • ALTER SESSION SET DDL_LOCK_TIMEOUT= 600;

O parâmetro ENABLE PARALLEL DDL habilita a sessão para realizar operações DDL em paralelo com o intuito de reduzir o tempo da operação e o DDL_LOCK_TIMEOUT especifica o tempo em segundos que a sessão vai aguardar por um lock na tabela a ser alterada.

O padrão para o ENABLE PARALLEL DDL é zero, o que indica que você nunca vai esperar por um lock. Sempre deixo o padrão de 10 minutos (600 segundos) quando preciso realizar alguma operação em uma grande tabela no banco de dados.

Abaixo segue o exemplo de execução dos comandos:

enable-paralel-ddl

Feito isso basta rodar a query e aguardar o tempo necessário para executá-la.