Site em Manutenção
Conteúdo voltado para banco de dados Oracle e SQL Server

Checklist de configuração do SQL Server

Após fazer a instalação do SQL Server em seu ambiente é importante verificar alguns pontos para que nenhuma surpresa desagradável venha a acontecer. Alguns itens básicos de verificação que podem ajudar são:

 

  • Verificar o alinhamento das partições entregues ao S.O. Essa opção deve ser verificada antes de instalar o SQL Server, caso contrário, tem o trabalho administrativo para mover as bases de dados para outra unidade, formatar o disco com o alinhamento correto e voltar os bancos para a partição original.

 

  • Desabilitar o usuário SA e criar um grupo no Windows como sysadmin e incluir lá os DBA’s responsáveis pela instância.Entretanto considere a possibilidade de habilitar somente o Windows Authentication Mode no momento da instalação, e só depois habilitar o Mixed Mode, assim não será preciso digitar a senha do SA e o mesmo será criado desabilitado.

Mixed mode

  • Dividir a TEMPDB de acordo com a necessidade. Em ambientes de produção com uso moderado, costumo iniciar a configuração com 6 datafiles e se for preciso crio mais arquivos. Ambientes de homologaçao e desenvolvimento, geralmente com menos utilização que produção, 3 arquivos já é mais que suficiente para suportar a carga. Se for preciso, aumente conforme demanda.

Tempdb

 

  • Configuração do MAXDOP (MaxDegree of Paralelism) de acordo com número de cores do nó NUMA. Informar também um Threshold adequado. Mais informações, consulte: http://msdn.microsoft.com/en-us/library/ee210547(SQL.105).aspx

 

Paralelismo

 

  • Configurar corretamente o Min Server Memory e Max Server Memory, no exemplo abaixo para um servidor com 8 GB de RAM, deixamos 2GB livre para o S.O. e demais recursos do SQL não presentes do Data Cache.

 

memoria

 

  • Habilitar compressão de backup na configuração da instância. Se seu ambiente sofre com pressão de CPU, monitore bem o uso de CPU na janela do backup.

compressao de backup

 

  • Configurar o Blocked Process Threshold para fins de análise (quando necessário)

 

blocked process threshold

 

  • Ajustar o Autogrowth dos arquivos do banco de dados do banco MSDB

 

autogrowth msdb

 

  • Aumentar a quantidade de arquivos do ERRORLOG

 

arquivos do errorlog

 

  • Configurar a opção Instant File Initialization e Lock Pages in Memory

 

Granting the permission through secpol.msc

 

  • Configurar a conexão DAC

 

dac

  • Desabilitar o XP_CMDSHELL

xp_cmdshell

 

Algumas configurações (memória, paralelismo, etc) variam de ambiente pra ambiente, portanto não use esses valores como padrão para toda e qualquer instalação. Use o post como ponto de partida e avalie de acordo com o dimensionamento de seu hardware qual a configuração que melhor se encaixa.

 

Leonardo Pedroso

Leonardo Pedroso, é administrador de banco de dados, possui amplo conhecimento em Oracle 11g e 12c, com atuação em empresas de telecomunicações, bancos, seguradoras e órgãos do governo brasileiro prestando serviços especializados em banco de dados. Atua ativamente em comunidades técnicas através de fóruns, eventos, blog e palestras.

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.